Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Trânsito

Simulador de direção deve ser usado a partir de agosto

Os 16 centros de formação de condutores da microrregião devem colocar em funcionamento a partir do mês de agosto os simuladores de direção, conforme prevê o Conselho Nacional de Trânsito.

O presidente da associação que congrega as empresas do setor, César Stolf, informa que a obrigatoriedade nas aulas com o equipamento está suspensa até o dia 31 de julho, conforme decisão do Detran.

Paralelo à prorrogação, uma liminar suspende a obrigatoriedade, por causa da falta de equipamentos deste tipo. Os CFCs argumentaram que a produção de simuladores não atende à demanda. A liminar foi conseguida há aproximadamente 20 dias e pode ser derrubada a qualquer momento. Por isso, os CFCs estão buscando a adequação. O que as empresas já têm definido é que cada uma terá o seu equipamento alugado do fornecedor, ao custo de aproximadamente R$ 19,00 por hora/aula. No simulador, os alunos têm reproduzidas situações como ultrapassagem, mudança de faixa, direção com chuva e manobra em marcha à ré. O aluno fará cinco horas/aula no equipamento e outras 20 em direção convencional, com veículo na rua.

De acordo com o Contran, numa segunda etapa será obrigatório o uso do simulador para quem dirigir veículos comerciais, caminhão, ônibus e motos. A intenção do Contran de instalar o simulador não é de agora. Em fevereiro de 2014, por exemplo, donos de autoescolas protestaram em Brasília, contra o uso, alegando que o equipamento custava caro, entre R$ 30 mil e R$ 40 mil, e não traria grandes benefícios aos alunos. Por meio da Resolução 543, de 15 de julho de 2015, a obrigatoriedade foi retomada. À época, o Contran informou que o pedido para a volta da obrigatoriedade partiu dos Detrans de todo o país.

 

Fonte: http://www.jaraguaam.com.br/jornalismo/transito/simulador-de-direcao-deve-ser-usado-a-partir-de-agosto

comentários

notícias relacionadas