Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Geral

MEC divulga as melhores instituições para estudar no Brasil

Unicesumar mantém nota 4 e permanece, pelo sétimo ano consecutivo, entre as melhores instituições de ensino superior do país

O Ministério da Educação (MEC)  divulgou, na sexta-feira (24) no Diário Oficial da União, o Índice Geral de Cursos (IGC), considerada a mais importante avaliação de ensino. O índice avalia todas as instituições de ensino superior no País, tanto as públicas quanto as privadas, com base na média ponderada das notas dos cursos de graduação e de pós-graduação de cada uma delas. “É uma ferramenta poderosa que o aluno tem a seu dispor para avaliar em qual universidade irá fazer o curso escolhido”, diz o diretor da Unicesumar, polos de Blumenau, Jaraguá do Sul, Indaial e Gaspar da Unicesumar, Adriano Albano.

O IGC é divulgado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão vinculado ao MEC, sintetizando em um único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação (presenciais e a distância), mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino. O cálculo do IGC é realizado anualmente e considera a média dos dados do Conceito Preliminar de Curso (CPC) do último triênio. Também são consideradas as médias dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, a partir de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu. Esse último critério se baseia em dados do censo da educação superior e da Capes. Em 2016, 0,4% das instituições de ensino superior obtiveram conceito 1; 14% ,conceito 2; 66,7%, conceito 3; 17,4%, conceito 4 e 1,5%, conceito 5, em todo o Brasil.

Sendo que, entre as mais de 80 instituições de ensino superior, graduação e pós-graduação, presencial ou a distância, particular ou pública, de Santa Catarina, apenas 12 delas obtiveram a nota 4. E a nota máxima, 5, apenas a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Lembrando que a nota do IGC varia de 1 a 5, sendo que 4 e 5 são considerados resultados excelentes. “Este é o sétimo ano que a Unicesumar se mantém com esse índice de excelência”, enfatiza Albano.

A Unicesumar, que está presente em Jaraguá do Sul, ganhou destaque, com nota 4, com o maior conceito do Ministério da Educação, entre todas as instituições de ensino a distância. Nenhuma instituição de ensino superior do Brasil que oferece EAD conseguiu, por tantos anos consecutivos, manter-se nesse nível de excelência. “A Unicesumar está entre as 10 melhores do Brasil, e a qualidade é mantida em todas as cidades em que está presente. Tanto que, mesmo sendo exigido pelo MEC que apenas 30% do corpo docente seja formado por mestres ou doutores, a Unicesumar tem 80% de mestres e doutores, bem além do que seria obrigada. Este é apenas um índice, entre tantos que comprovam a preocupação da instituição com a qualidade do ensino”, avalia Albano.

Unicesumar

A  Unicesumar possui 250 polos de EAD, 90 mil alunos, 3 mil colaboradores e presença em todos os estados brasileiros. Atualmente, são 45 cursos de Graduação (Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo) e 80 cursos de Pós-Graduação, além de 400 cursos livres e cursos desenvolvidos sob demanda para empresas. Possui quatro campi de ensino presencial nas cidades de Maringá, Curitiba, Londrina e Ponta Grossa, no Paraná. Seu corpo docente é formado por mais de mais de 800 professores, sendo 80% mestres e/ou doutores.

Confira os resultados no Vale do Itajaí:

Instituição IGC Contínuo IGC
FATEJA – ANHANGUERA JARAGUA 3,3123 4
UNICESUMAR 3,2721 4
UNIP 2,8504 3
UNIASSELVI 2,6401 3
IFSC 2,6035 3
UNINTER 2,5998 3
UNOPAR 2,5834 3
CATÓLICA 2,5618 3
UNIVILLE 2,5302 3
ANHANGUERA UNIDERP 2,3766 3
JANGADA 2,3040 3
FAMEG 2,1355 3
SENAC 1,4837 2

Fonte: MEC

Para conhecer todos os resultados: http://portal.inep.gov.br/indice-geral-de-cursos-igc-

Fonte: http://www.jaraguaam.com.br/jornalismo/geral/mec-divulga-as-melhores-instituicoes-para-estudar-no-brasil

comentários

notícias relacionadas