Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Geral

Mais de cem pessoas atuam como segundo professor na regional

Entrou em vigor neste mês a lei de autoria da deputada estadual Luciane Carminatti, que regulamenta a presença do segundo professor na sala de aula em todo o sistema estadual de educação de Santa Catarina

Segundo dados da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), a região de de Jaraguá conta com 108 professores para atender 142 alunos que precisam de atenção especial durante as aulas. A gerente Regional Cristiana Poltronieri Ziehlsdorff., explica que o número de professores é menor que a quantidade de alunos, uma vez que, dependendo da deficiência é possível que um profissional atenda a dois alunos. Há também, 174 crianças com deficiência mental leve, que de acordo com a Lei, não dá direito a um segundo professor, mas que a escola precisa fazer o atendimento diferenciado.

Cristina explica que a presença do segundo professor já é realidade na Regional há muitos anos, por isso, a regulamentação da lei não deve impactar nas escolas da região. 

 A lei garante o acompanhamento do segundo professor aos alunos com diagnóstico de deficiência múltipla, motora, física, mental, associada a transtorno psiquiátrico, com autismo e déficit de atenção. Entretanto, a presença do segundo professor precisa ser submetida a um laudo médico atualizado comprovando a necessidade do estudante.

O trabalho do segundo professor é acompanhar os alunos especiais durante as quatro horas de aula e, em alguns casos, também durante o horário do recreio. 

Fonte: http://www.jaraguaam.com.br/jornalismo/geral/mais-de-cem-pessoas-atuam-como-segundo-professor-na-regional

comentários

notícias relacionadas