Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Excelência no Trabalho

O que é uma empresa familiar

As empresas familiares, inseridas em uma globalização contínua, perante as transformações de ordem política e econômica mundial, se destacam e são vistas como competidoras e empreendedoras em todo o mundo

Surgiram no Brasil com as capitanias hereditárias, no início do século XVI, logo após o país ser descoberto por Portugal, com o objetivo de colonizar o Brasil. Essas capitanias, por serem hereditárias, podiam ser transferidas aos sucessores dos capitães que administravam as terras brasileiras. Posteriormente, alguns grupos de imigrantes portugueses, italianos, alemães, judeus, árabes, gregos, russos, ucranianos e franceses imprimiram o perfil dos iniciadores do processo de industrialização brasileira, utilizando-se da tecnologia e do conhecimento do mercado e constituindo empresas nacionais que, em sua maioria, tornaram-se familiares.

É inegável a importância que as empresas familiares possuem em toda a história do capitalismo até os dias de hoje e esse tipo de empresa representa a principal forma de propriedade privada na maioria dos setores industriais na América Latina. Também, tanto na Inglaterra quanto nos EUA, empresas familiares constituem uma considerável proporção no universo organizacional. A empresa familiar representa, no Brasil, 90% dos 300 maiores grupos nacionais privados. Por sua vez, emprega mais de 60% da força de trabalho no Brasil. Indo além, a força dessas organizações faz com que elas sejam responsáveis por grande parte do desenvolvimento econômico mundial.

A empresa familiar é aquela em que a importância da sucessão  está ligada ao fator hereditário e onde os valores institucionais do negócio identificam-se com o sobrenome da família ou com a figura de um fundador. Em outras palavras, a empresa familiar é aquela que ultrapassou a primeira geração, convive com uma pleura de herdeiros e sucessores e vive com elementos que transcendem o espaço do fundador, tendo sua origem e sua história vinculadas a uma ou mais famílias há pelo menos duas gerações, ou aquela que mantém membros das famílias sócias na administração dos negócios.

De uma forma mais genérica ainda, a empresa familiar é caracterizada como aquela que transfere o poder decisório de maneira hereditária a partir de uma ou mais famílias ou quando está perfeitamente identificada com uma ou mais famílias pelo menos há duas gerações e essa ligação resulta numa influência recíproca na política geral da firma e nos interesses e objetivos da família. Ou ainda, a empresa familiar pode ser definida como aquela em que, no mínimo, dois membros familiares estão envolvidos como proprietários ou gestores.

A empresa familiar é especial, sobretudo, pois ela é possuidora de duas lógicas: uma empresarial e outra familiar, que podem ser harmônicas ou antagônicas e que conferem peculiaridades a esse tipo de empresa.

Em resumo, uma empresa para ser qualificada como familiar necessita ser possuidora, simultaneamente, das seguintes características:

a)      A família deve possuir propriedade sobre a empresa, podendo assumir propriedade total, propriedade majoritária ou controle minoritário;

b)      A família deve influenciar nas diretrizes da gestão estratégica da empresa;

c)      Os valores da empresa são influenciados ou identificados com a família;

d)      A família determina o processo sucessório da empresa.

Enfim, empresa familiar é aquela surgida de fundadores que não deixam para seus herdeiros apenas um conjunto patrimonial e sim tornam seus descendentes sócios que não se escolheram e os transformam em membros de uma família empresária. E estes dois fatores tornam este processo muito complexo.

Solução ? aplicação de princípios da ‘governança’ que, em simples palavras, se trata de um modelo de gestão que respeita todos os envolvidos e que será motivo de uma próxima coluna.

Fonte:

Da Silva Neto. Insights para a Excelência Profissional, Empresarial e na Sucessão Familiar. Jaraguá do Sul, Design: 2018

À venda na Grafipel / Jaraguá do Sul-SC (www.grafipel.com.br/produto.php?id=190762)

 ou, autografado, diretamente com o autor.

Emílio Da Silva Neto

Industrial, Consultor, Conselheiro, Palestrante e Professor

Sócio da ‘3S Consultoria Empresarial Familiar’

(Especializada em Processo Decisório Colegiado, Governança, Sucessão,

Compartilhamento do Conhecimento e Constituição de Conselhos de Família)

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Curriculum Vitae: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4496236H3

Tese de Doutorado: http://btd.egc.ufsc.br/wp-content/uploads/2016/08/Em%C3%ADlio-da-Silva.pdf
emiliodsneto@gmail.com / 47 9 9977 9595

Fonte: http://www.jaraguaam.com.br/blogs/governanca-sucesso-na-empresa-familiar/o-que-e-uma-empresa-familiar

comentários

notícias relacionadas