Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Excelência no Trabalho

O líder introvertido e seu networking

Uma pessoa introvertida é aquela voltada para si mesmo, de forma que absorve informações externas, mas não as repassa com facilidade, ou seja, ela pensa muito antes de qualquer tipo de ação seguinte

 Já uma indivíduo extrovertido é comunicativo, sociável e ainda expele para o mundo tudo o que sabe, porém tende a ser ansioso por causa da sua necessidade de comunicação.

 Carl Gustav Jung (1875-1961), psiquiátrico suíço, conhecedor dos estudos de Freud e fundador da Psicologia Analítica, caracteriza introversão como o tipo de personalidade que torna a pessoa mais observadora e que prefere manter-se sozinha com suas idéias do que se expor.

Ainda segundo Jung, as características de introversão e extroversão podem ser alteradas de acordo com a necessidade de desempenhar determinadas funções, ou seja, ninguém é totalmente introvertido ou extrovertido e são as experiências vividas que contribuem para o desenvolvimento da personalidade, fazendo, então, com que as pessoas tenham certas preferências que induzem para a personalidade introvertida ou extrovertida.

De qualquer modo, a introversão não é empecilho para carreira alguma. Inclusive, vários estudos mostram que há benefícios profissionais em se ser introvertido. A pesquisadora de Harvard, Francesca Gino, por exemplo, defende que, quando se trata do cotidiano de trabalho em equipe, o método de liderança dos introvertidos, até pode ser mais eficiente.

Introvertidos adoram pessoas. Eles não são antissociais, mas sociais nos seus próprios termos, atentos às opiniões dos outros e não têm qualquer problema em desfrutar a vida, ou seja, totalmente distintos, por exemplo, dos autistas, estes dotados de uma desordem cerebral, que resulta em dificuldade de ler expressões faciais, dar resposta a sinais sociais e de se comunicar. Recriam internamente o que é visto externamente, o que faz com que seja difícil para os autistas assumirem a perspectiva de outra pessoa e lerem as emoções dela. Ou seja,  autistas possuem déficits sociais, enquanto que introvertidos, definitivamente, não.

Cientificamente falando, a introversão pressupõe uma sensibilidade diferente para estímulos, inclusive os de cunho social, significando que interações muito prolongadas podem esgotar as energias mais rapidamente para eles, os introvertidos, do que para os extrovertidos.

Por isso, algumas práticas de sociabilidade são totalmente fora da zona de conforto de um introvertido, entre as quais, o networking (trabalho para ampliar a rede de contatos profissionais), importante ferramenta de trabalho e liderança.

Com base no Portal ‘Na Prática’, eis alguns artifícios que podem tornar a experiência de fazer networking mais agradável (ou menos desconfortável) para líderes introvertidos:

1. SOCIALIZAR DE FORMA CASUAL

       Nem todo networking precisa acontecer em um grande evento. Uma conversa casual com outra pessoa pode dar aos líderes introvertidos oportunidade de mostrar sua alta capacidade de escuta e ainda proporcionar uma conexão mais sólida. Para isso, serve chamar alguém para um café, ou qualquer tipo de atividade que promova interação particular.

2. ESTAR PREPARADO PARA SAIR DA ZONA DE CONFORTO

       Marcada uma ocasião de networking, o líder introvertido pode preparar mentalmente um script para a conversa. Se existir uma lista de quem vai comparecer, é bom separar as pessoas interessantes para um diálogo e pesquisar sobre elas. Assim, começar a conversa vai ser mais fácil e não vai faltar assunto.

3. EVITAR PARECER DESCONFORTÁVEL

É importante parecer engajado com o evento e satisfeito por conhecer pessoas novas. Tentar mostrar-se animado em interagir – mesmo que o entusiasmo não seja real – vai deixar os outros confortáveis. E, consequentemente, vai proporcionar um diálogo mais leve e natural.

4. SER FIEL À PRÓPRIA PERSONALIDADE

       Nada há de errado em não se ser (e não querer se ser) o centro das atenções. Se não é algo confortável para o líder, por introversão ou outros motivos, não precisa ser forçado. Dá para mostrar outras qualidades – como ser um bom ouvinte – e ainda fazer boas conexões profissionais.

5. RECARREGAR AS ENERGIAS

       Depois de uma atividade com intensa interação social, o introvertido deve procurar recarregar suas energias para não se sentir esgotado. Não importa o que o ajude a se recuperar: uma atividade mais calma, uma caminhada ou um tempo sozinho para reflexão.

6. FAZER NETWORKING ONLINE

       Exige mais consistência e dedicação, mas pode ser a melhor escolha para os introvertidos que preferem evitar os eventos presenciais. Para o networking nas redes, é preciso investir no perfil (para passar uma boa imagem) e estabelecer uma presença ativa em plataformas profissionais.

      

       Em resumo, indício nenhum indica que a introversão seja oposta à sociabilidade, mas, sim, que as pessoas com essa característica se esgotam mais facilmente com ela.

       Ou seja, nada que um bom tempo sozinhos e disposição – para administrar tais características peculiares – não resolvam e deixem prontos os lideres introspectivos … para todas as ocasiões !!!

 

Emílio Da Silva Neto

Industrial, Consultor, Conselheiro, Palestrante e Professor

Sócio da ‘3S Consultoria Empresarial Familiar’

(Especializada em Processo Decisório Colegiado, Governança, Sucessão,

Compartilhamento do Conhecimento e Constituição de Conselhos de Família)

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Curriculum Vitae: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4496236H3

Tese de Doutorado: http://btd.egc.ufsc.br/wp-content/uploads/2016/08/Em%C3%ADlio-da-Silva.pdf

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

emiliodsneto@gmail.com

47 9 9977 9595

Fonte: http://www.jaraguaam.com.br/blogs/governanca-sucesso-na-empresa-familiar/o-lider-introvertido-e-seu-networking

comentários

notícias relacionadas