Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Excelência no Trabalho

Empreendedores: os herois do desenvolvimento

Em meio a tantos obstáculos enfrentados, desde a burocracia na abertura de empresas e, agora, mais uma profunda recessão econômica e instabilidade política, os empreendedores brasileiros estão fadados a viver, novamente, e por um período indefinido, ‘maus bocados’

“O cristão vive pela fé, não pelo que está vendo”(Filipenses: 4.10-13)

Atingidos de todos os lados, os empreendedores brasileiros vivem uma situação de extrema cautela, pois muitas empresas no país inteiro vêm fechando suas portas, por não suportarem a falta de clientes, os altos juros, os aumentos de preços de fornecedores, enfim, enfrentando as mais diversas adversidades e que os levam, muitos deles, a tomarem a decisão de fechar suas portas, antes mesmo de verem até onde (mais) essa crise vai chegar.

Vivendo como súditos de um sistema tributário complexo e, ao mesmo tempo, esmagador para o desenvolvimento econômico dos seus empreendimentos, os empreendedores brasileiros precisam permanentemente desenvolver sua resiliência e, se apegando na máxima de que ‘toda crise mostra oportunidades’, ficar sempre ‘antenados’ com as tendências de gestão e mercado.

Buscando-se a história de empreendedores de grande sucesso, que construiram empreendimentos sólidos e duradouros, todos, sem exceção, passaram por crises, períodos de escassez e aprenderam com seus erros e acertos. Enfim, diante de cenários escuros, continuaram acreditando na luz no fim do túnel.

Em termos globais, vale citar o livro Bourgeois Dignity(1), em que a autora defende que um dos fatores mais importantes para o sucesso de um país é o empreendedorismo de sua gente, lembrando que as invenções que mudaram o mundo (automóvel, telefone, gasolina, internet, antibiótico, computador, avião, etc.) não surgiram espontaneamente ou por decreto governamental, mas exigiram enormes esforços de empreendedorismo e inovação.

Assim, pode-se dizer que os empreendedores são os verdadeiros heróis de uma economia de livre-iniciativa, uma vez que comandam o progresso no mundo dos negócios, da sociedade e do planeta. Solucionam problemas ao imaginar novas formas de como o mundo poderia ser e funcionar. Com sua imaginação, criatividade, paixão e energia, são os maiores indutores de mudanças no mundo. Conseguem descobrir possibilidades e enriquecer a vida dos outros ao realizar coisas que jamais existiram.

A pedagoga Candace Allen, esposa de prêmio Nobel de Economia Vernon Smith, escreveu sobre a necessidade de ‘heróis empreendedores’ na sociedade e sobre seu impacto na vida das pessoas. Segundo ela, “são eles, os empreendedores, os verdadeiros criadores de riqueza, por abrirem de fato caminhos e serem tão corajosos e ousados quanto os heróis de estórias, que enfrentam dragões ou derrotam o mal”.

Joseph Campbell, um especialista em mitologia mundial, afirma que toda sociedade celebra heróis e, ao fazê-lo, honra o passado, energiza o presente e molda o futuro. Ao estudar as culturas mais conhecidas, Campbell descobriu que, embora os detalhes do caminho heróico mudem com o tempo, a jornada típica do herói pode ser traçada através de três estágios.

A primeira etapa envolve a partida do ‘familiar e confortável’ para o ‘desconhecido’, arriscando fracasso e perda para algum propósito maior ou idéia. A segunda etapa é o encontro de dificuldades e desafios, bem como, junção de coragem e força necessárias para superá-los. O terceiro é o retorno à comunidade, com algo novo ou melhor do que o que havia antes.

Comparativamente, então, o empreendedor, pode ser visto como um herói, como um representante do novo, isto é, o fundador de um novo momento ou de um novo modo de vida, que melhora as pessoas e o mundo.

 (1): McCloskey, Deirdre. BOURGEOIS DIGNITY. University of Chicago Press, 2010

À venda na Grafipel / Jaraguá do Sul-SC (www.grafipel.com.br/produto.php?id=190762)

 ou, autografado, diretamente com o autor.

Emílio Da Silva Neto

Industrial, Consultor, Conselheiro, Palestrante e Professor

(Especializada em Processo Decisório Colegiado, Governança, Sucessão,Sócio da ‘3S Consultoria Empresarial Familiar’

Compartilhamento do Conhecimento e Constituição de Conselhos de Família)

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Curriculum Vitae: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4496236H3

Tese de Doutorado: http://btd.egc.ufsc.br/wp-content/uploads/2016/08/Em%C3%ADlio-da-Silva.pdf
emiliodsneto@gmail.com / 47 9 9977 9595

Fonte: http://www.jaraguaam.com.br/blogs/governanca-sucesso-na-empresa-familiar/empreendedores-os-herois-do-desenvolvimento

comentários

notícias relacionadas