Parece que você não possui a versão mais recente do Flash Player

Sobre a rádio

História

No início de 1948, Jaraguá do Sul entrava na era do rádio, com a instalação, em fase experimental, do equipamento da Bynhgton & Cia., que funcionava em ondas longas de 1510 quilociclos, 196,8 metros, 250 watts, com a antena instalada no Morro do Brunhns.

Na manhã de 31 de julho de 1948, tinha lugar a benção e inauguração da rádio com prefixo ZYP-9. Os sócios-fundadores, Werner Stange e Homero Camargo de Oliveira, organizaram um esplêndido programa que culminou com as irradiações à noite, nos salões do Clube Atlético Baependi, abrilhantado pelo elenco artístico da PRB-2, Rádio Clube Paranaense, de Curitiba.
Foi o maior acontecimento da época na região. Com o passar do tempo, a contratação de locutores como Cícero Motta, Arruda Neto, Antônio Pereira, da radiofonia paulista, aumentaram ainda mais os níveis de audiência, incrementando a venda de aparelhos de rádio.

A cidade pulsava na magia do rádio proporcionando informação e uma saudável distração aos seus radiouvintes com programação variada: transmissões esportivas, noticiários, “Rancho do Dadi”, radioteatro, “Brindes sonoros”, entre outros; além dos programas de variedades ao vivo, no auditório da rádio ZYP-9, na Cel. Emílio Carlos Jourdan, especialmente aos domingos. Dessa forma, na época o rádio era o principal elo de comunicação com o mundo, as famílias se reuniram ao seu redor, influenciando o meio social fortemente, papel este que a televisão viria a assumir décadas mais tarde.

A Broadcasting da ZYP-9 na época, até os idos dos anos 60, mesmo contando com profissionais do nível de Walter Franco, Augusto Sylvio Prodohl, e outros, era formado, em sua maioria por jovens da cidade, que reuniam-se em torno do rádio, como locutores, comentaristas esportivos e radionovelas.

Dentre outros: Antônio (Ico) Zimmermann, Senira Mafra, Edith da Silva, Ruth Braun, Ritta Maller, José Cláudio Giostri, Souza Miranda, José Castilho Pinto, Senízia Mafra Pinto, Olívia Wuenderlich, Arlete Müller, Eugênio Victor Schmokel, Otto Mey, Ademar da Silva, Neide, Helena, Aldo Prada, Evanira e Clodtilde Sansão, Douglas e Miltom Stange… Mesmo que não fosse para perpetuar-se no microfone, o rádio representava para muitos a realização de um sonho dourado, e muitas vezes servia de trampolim para outras profissões devido a horários menos rígidos e mais flexíveis, possibilitando muitas vezes, a continuação dos estudos.

Tecnologia

Alta tecnologia, equipamentos de última geração, potência, equipe profissional e programação diversificada.

Líder em audiência e alcance em toda região norte do Estado, a Rádio Jaraguá AM oferece o melhor serviço de jornalismo com uma equipe altamente profissional em busca da notícia como ela é.

Prestação de serviço, utilidade pública, campanhas em todos os níveis, aproximam a Jaraguá AM de seu fiel público ouvinte.

No esporte, o acompanhamento dos principais eventos, transmitidos com imparcialidade e emoção. Entretenimento através de programas produzidos e apresentados por profissionais experientes.

Tecnologia de ponta, estúdios amplos, com equipamentos altamente modernos, garantem a qualidade do melhor som de rádio AM.

Potência de 10 KW, a maior rádio AM da cidade, com alcance em todos os municípios da região norte.

Liderança e Credibilidade

Na Jaraguá AM todos os programas jornalísticos tem garantia de audiência.

O sucesso está na credibilidade.

Imparcialidade, profissionalismo e ética na informação, garantem a autenticidade da notícia.

Música, esporte, notícia, na rádio mais completa da cidade.